Participe do movimento “Salve a Serra da Piedade”

Território sagrado de fé e religiosidade, o belíssimo Santuário de Nossa Senhora da Piedade – padroeira de Minas Gerais – tem sofrido com a degradação ambiental em seu entorno provocada pela atuação de mineradoras. No alto da Serra da Piedade – com elevação de 1746 metros, na cidade de Caeté, o local é visitado por milhares de fieis durante o ano, sendo ponto turístico e religioso, que faz parte da famosa estrada real.

O tesouro ambiental, cultural e artístico da humanidade é protegido. Foi declarado monumento natural do estado de Minas Gerais, sendo o conjunto paisagístico da Serra da Piedade patrimônio estadual e nacional, tombado por entidades como o IEPHA (Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais), IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), além da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e Cultura). Preserva biomas da mata atlântica e abriga diversas espécies de animais, plantas e possui dezenas de cavernas e nascentes que contribuem para a formação do Rio Doce. No topo do santuário, a imagem de Nossa Senhora da Piedade, obra do mestre Aleijadinho.

Contudo, infelizmente, a serra está ameaçada pela mineração. A atividade vem trazendo prejuízos a fauna e flora da região, conduzindo um grande desequilíbrio ambiental, bem como o esgotamento e contaminação das nascentes. O trânsito intenso de carretas e a atividade do maquinário pesado também ameaçam as cavernas da região, que podem desaparecer com o tempo. A falta de fiscalização e projetos de leis indevidos têm gerado aberturas para exploração destruidora.

Ajude a proteger esse patrimônio!

Não vamos deixar a serra da piedade ser destruída! Compartilhe: #salveaserradapiedade

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.