Vianney e Eymard Dois Amigos, dois Santos

O cura D’Ars, São João Maria Vianney e são Pedro Julião Eymard, dois grandes Padres e contemporâneos na França do século XIX, tiveram a oportunidade de conhecer-se e compreender-se, compartilhando uma mesma paixão pelo Santíssimo Sacramento. Não foram só conhecidos e contemporâneos, também desenvolveram uma intensa y profunda amizade. Por isso, dita relação de amizade é verdadeiro exemplo da enriquecedora complementariedade entre a vida consagrada e o ministério ordenado. (Sacerdócio y Vida Consagrada; El Abbé Vianney y el Padre Eymard. Lino Emílio Diez Valadares, sss. 2010)

Nos lembra a Regra de Vida:

“Faremos de nossas paróquias autênticas comunidades modeladas pela Eucaristia, fonte e centro da sua vida. Serão: lugares de anúncio e de vida evangélica, lugares de oração, de adoração eucarística e festa, lugares de partilha e de comunhão, lugares de liberdade e de promoção do homem. Unidos entre si, os religiosos insertos na pastoral paroquial colaboraram de forma especial com os leigos comprometidos. Sob ação do Espírito, que renova constantemente a vida da Igreja, os grupos e comunidades que nascem, crescem e se comprometem. Nós cooperamos em seu despertar e em seu desenvolvimento” (RV, 41).

Um abraço fraterno e eucarístico a todos os Párocos da nossa Congregação e do mundo todo.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.