Tríduo em preparação para a Ordenação Presbiteral do Diácono José Elissandro Santana, sss.

1º dia: “Aquele que Deus enviou fala as palavras de Deus” este trecho do evangelho de São João, lido da liturgia de hoje, pode sintetizar o que foi a primeira celebração preparatória para a ordenação presbiteral do Diácono Elissandro, sss.

Às 18 horas, ao toque dos sinos do Santuário de Adoração Perpétua do Rio de Janeiro, O Pároco e Reitor do Santuário, Pe. José Laudares De Ávila, sss dava as boas vindas e entronizava este momento com palavras que expressavam o que é uma ordenação sacerdotal de um Religioso Sacramentino.

A assembleia, integrada pelos formandos do Pré-noviciado sacramentino, pelos padres que compõem a comunidade de Sant’Ana e por alguns paroquianos, foi presidida pelo padre Haroldo Paiva, sss. As orações e os cantos em perfeita harmonia, fizeram deste momento, um marco, tanto na vida do futuro sacerdote, quanto nos membros da comunidade local e de toda a Província Sacramentina.

Na homilia, padre Laudares, sss, a partir dos símbolos sacerdotais dispostos no presbitério, destacou um dos pilares da vida sacramentina: a vida fraterna, afirmando que “a vida sacerdotal está para fomentar e animar a vida comunitária; que a partilha deve ser a tônica de uma espiritualidade sacramentina. Que o sacerdote é alguém, ou melhor, um simples homem, que Deus escolheu do meio do povo, para falar as suas palavras. Palavras estas que expressam fraternidade, acolhida e serviço”. Foi uma celebração simples, mas cheia de significado e sentido, e que ousou suplantar o momento inóspito que estamos atravessando.

Rio de Janeiro, 14 de abril de 2021.

Texto: Gleyson Modesto – Formando Sacramentino

Material Fotográfico: Gabriel Sousa – Formando Sacramentino; Guilherme Corrêa de Lima

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.