Foi realizada a Missa de Exéquias de Pe. Anízio Ferreira, sss

“A Eucaristia é o sol da minha vida” (São Pedro Julião Eymard)

Na manhã desta quarta-feira, 19 de maio, foi realizada a missa de exéquias do Pe. Anízio Ferreira dos Santos, sss. O velório e sepultamento teve início às 07h, com a acolhida do corpo, posteriormente houve um momento de oração comunitária com o rezo dos salmos na oração das Laudes.

Às 9h30mn Dom José presidia a missa de exéquias, que foi concelebrada pelos religiosos das comunidades São Benedito – Padres João Batista e Armindo Magalhães, irmãos de comunidade de Pe. Anízio; e comunidade Santíssima Trindade – Padres Francisco júnior, Jesus Neres e Gleidson Forte; ademais de Frey Alexandre (religioso capuchino); ademais contou com a presença de uma sobrinha do Padre Anízio, representando a família sanguínea; e o Provincial da Congregação Pe. Marcelo Carlos da Silva, sss, que viajou desde Belo Horizonte para acompanhar os últimos momentos do nosso Padre Anízio, pudendo ainda, dar a unção dos enfermos ao Padre, no hospital São Camilo onde se encontrava internado.

Durante o percurso da manhã, fieis, paroquianos, diversos representantes das pastorais e movimentos, marcaram presença participando dos diferentes momentos antes do sepultamento. Leigos e Leigas sacramentinos também acompanharam este último adeus ao Padre Anízio, assim como as diferentes comunidades sacramentinas, tanto religiosos, quanto fiéis e paroquianos de toda a Província, que acompanharam a transmissão via redes sociais das Pascom.

Finalizada a Missa, e antes do sepultamento, Pe. Marcelo, visivelmente emocionado, dirigiu algumas palavras destacando o momento triste que o país está vivendo com a perda de tantas vidas. Agradeceu, também, o apoio de todos que, de um modo ou outro fizeram mais leve a dor do Pe. Anízio acompanhando ele na doença e no isolamento e, de passo, fazem mais leve a dor de toda a família eymardiana frente a perda. E continuou dizendo: “eu tenho a certeza que quando um Padre morre de Covid ele está dizendo para a sociedade inteira, como Igreja, “Nós somos da mesma matéria que vocês, nós somos parte de vocês e o que vocês sofrem como humanidade nós também sofremos

O nosso muito obrigado e eterna gratidão a todos!!!

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.