Concluída a reforma da Igreja Nossa Senhora do Patrocínio, em Fortaleza

A Igreja Nossa Senhora do Patrocínio, localizada no centro de Fortaleza, concluiu com sucesso suas obras de restauro, após três meses de trabalho em suas partes externa e interna. No sábado, dia 28 de julho, foi realizada uma missa em ação de graças pela reforma e restauro da Igreja. Pe. Jackson Frota, sss – pároco e reitor da Igreja – agradece por todo o apoio e dedicação de todos os envolvidos neste grande projeto. A arquiteta responsável pelo projeto, Aline Lima Oliveira, conta abaixo detalhadamente como o trabalho foi realizado, confira:

“A reforma da igreja se deu em dois momentos distintos: o revestimento cerâmico e a pintura. Tudo foi pensado levando em consideração a história da Igreja de Nossa Senhora do Patrocínio e pensando também na realidade em que hoje ela está inserida. A reforma começou no final de setembro de 2017, com a colocação nas paredes internas de revestimento cerâmico, finalizando essa parte da obra no início de dezembro de 2017. A cerâmica utilizada foi num modelo 3D, em tons terrosos.

No final de maio de 2018 iniciamos a parte da reforma relacionada a pintura, que durou até o fim de julho deste ano. A escolha das cores das tintas levou em consideração diversos fatores: Na parte externa, foram escolhidas cores que realçaram a fachada e que também protegem mais contra os efeitos da poluição do ar. Foi escolhida a cor marfim (um tom de amarelo) e o vermelho. Assim, o amarelo num tom mais suave contrasta com o vermelho, tom mais forte, mas de forma adequada. O vermelho, num tom mais terroso, usado nos frisos, molduras, colunas, cornijas, jardineiras, etc., remete a Igreja terrena, traz também a ideia de rusticidade que combina bem com as técnicas construtivas utilizadas há 168 anos. Ao mesmo tempo, embora o vermelho, não seja o vermelho “vivo” remete ao sangue, ao coração, e com isso, lembramos do amor de Deus por todos nós. O amarelo trás a suavidade e ao mesmo tempo remete a luz Divina.

Na parte interna, deixamos o presbitério azul, que remete ao céu, já que essa parte é a principal, onde está localizado o retábulo e o altar. As paredes das naves voltaram a cor original branca, trazendo mais claridade e simplicidade para a parte interna e assim foi possível realçar alguns detalhes com harmonia. Todas as colunas e arcos foram marmorizados numa tonalidade também terrosa, em perfeita harmonia com o revestimento cerâmico e com todas as outras cores escolhidas. Os frisos, cornijas e balaustres ganharam a cor ouro envelhecido, se destacando de forma sutil. Nas portas, janelas, gradis, portões, peitoril, rosácea (moldura), enfim, em toda parte de madeira e ferro foi utilizado o marrom. As cores trabalhadas têm ligação com a religião, possuem significados correlacionados ao catolicismo, a Igreja. Tudo foi pensado pra trazer um ambiente mais bonito, mais acolhedor, mais aconchegante, mais significativo para o povo que frequenta. O antigo e o novo se misturam em consonância, em perfeita afinidade. A Igreja do Patrocínio teve suas características realçadas e valorizadas, ganhando uma ‘imponência’, digna de sua história e de sua importância para a nossa cidade.”

Colaboração: Pe. Jackson Frota

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.