Basílica do Santíssimo Sacramento – Buenos Aires

Reportagem do jornal “La Nación”,  realizada na Basílica do Santíssimo Sacramento. Conta a história da sua edificação, que a pedido da Sra. Mercedes Castellanos de Anchorena, mulher de muita fé e devota do Santíssimo Sacramento, fora construída.

“Si eu moro num palácio, meu Senhor merece viver em outro igual ou até melhor” foi o que motivou nela o desejo de edificar um palácio para o Senhor.

O desenho do templo foi encomendado aos arquitetos franceses Alfred Coulomb e Louis Pierre Leopard Chauvet. A construção teve inicio o 25 de março de 1908 e sua inauguração foi o dia 16 de julho de 1916.

Considerada uma joia arquitetônica pela sua beleza e estilo neogótico-románico, no seu interior destacam o altar maior, banhado á ouro em algumas de suas partes, com mármores e ônix de Marrocos, que conservam o mesmo brilho de mais de um século.
Uma grande custódia coroa o altar, trazida da casa francesa Poussielgue Rusand, que data do ano 1900, somados os imponentes vitrais e ornamentos de mármore que atravessam toda a basílica e a cripta que foi edificada a quatro metros de profundidade.
Conta também com o maior órgão em funcionamento no país, composto por cinco mil tubos. Foi comprado diretamente pela Sra. Mercedes Castellanos de Anchorena á casa Mutin Cavaillé-Coll, de Paris.

Localizada no bairro Retiro, na cidade de Buenos Aires – Argentina, é um ponto Religioso e turístico, que se tem a oportunidade de conhecer, não pode desperdiçar!.

Para acessar o artigo, segue o link.

https://www.lanacion.com.ar/2190151-la-majestuosa-basilica-…

 

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.