8º dia de Capítulo Geral nos EUA – 13 de junho

No oitavo dia do Capítulo Geral, dedicado a Santo Antônio, após a adoração da manhã, os capitulares deram continuidade aos trabalhos, começando com as partilhas dos grupos linguísticos sobre a ressonância das reflexões pessoais provocadas pela exposição de Pe. Fiorenzo Salvi – o “Dom de si”. Esses relatórios dos grupos serão importantes para a reflexão e o texto da Comissão Memória e Discernimento ao final do Capítulo. Os capitulares começam, com isso, a delinear os pontos principais e as prioridades para os próximos seis anos da Congregação no mundo. Percebeu-se que, de fato, o “dom de si” feito por Pe. Eymard, no dia 21 de março de 1865, nos dá a síntese da espiritualidade eucarística, determinando assim o nosso modo de ser, a nossa presença na Igreja e no mundo.

A parte da tarde foi dedicada à apresentação das questões jurídicas, que os capitulares deverão aprovar a seu tempo. Uma das novidades é que, com uma pequena inserção, modificando a Regra de Vida, vários pontos dos Estatutos Gerais deverão ser revisados e aprovados. Para ajudar na missão dos provinciais e também consultas dos religiosos, existe a possibilidade de termos uma publicação única dos principais documentos da Congregação: Regra de Vida, Estatutos Gerais, Vade-mecum e outros, já contendo as novas modificações.

O estudo e as pontuações dos grupos foram densos e necessitam de um maior tempo, para que os capitulares possam melhor contribuir com essas questões jurídicas, que tocam a todos os religiosos. Por isso, essa temática jurídica deve retornar nos trabalhos de grupos.

Que os religiosos e leigos continuem rezando por este importante acontecimento de nossa Congregação.

p/ Pe. Hernaldo Pinto Farias,sss
Superior Provincial

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.